Teatro Curve

Curve é um espaço teatral e performático de “ponta”, que vira do avesso a configuração típica de um teatro, expondo ao público os bastidores, a produção e a construção de um espetáculo, tornando-os parte da performance. O projeto dissolve os limites entre palco e platéia e procura integrar os espetáculos nas áreas públicas do edifício assim como na vida da cidade. É também um marco na regeneração da área de preservação de patrimônio histórico de St Georges, no coração do perímetro cultural de Leicester, engajando-se com a vida da comunidade e adaptando-se às suas diversas necessidades culturais.

 

A fachada externa inteiramente em vidro duplo acústico, com brises horizontais metálicos, permite a visão dos quatro andares do edifício, oferecendo vistas das atividades desenvolvidas, como salas de ensaio, de música, de dança, etc., do lobby e dos auditórios. No interior, circundando o lobby, a fachada de vidro das oficinas permite ao público ver o processo de construção dos cenários e outros componentes técnicos. As oficinas estão no andar térreo do bloco em “L”  construído em tijolo, que integra-se a edifícios históricos da vizinhança ao norte. Este bloco de 4 andares, acomoda todas as funções de “apoio” ao espetáculo, incluindo as administrativas. A circulação dos andares acontece através de uma passarela que permite o acesso visual ao lobby, aos teatros e às áreas públicas. Os dois auditórios, um de 750 assentos e o outro de 350 assentos, dispostos nos dois lados opostos do palco principal, são concebidos como ilhas no meio do lobby e são também visíveis do exterior.

 

O palco, o lobby e a calçada estão no mesmo nível e conectados visualmente, tornando a experiência teatral uma extensão da rua. Shutters de metal e paredes móveis com propriedades acústicas e à prova de fogo abrem o palco para uma das audiências ou para ambas ou para o lobby, permitindo uma grande diversidade de configurações. Não é feita distinção entre bastidor e palco, e o próprio palco pode ser parte do lobby e da circulação. Artistas vindo dos camarins para o palco atravessam o lobby, assim como objetos de cena e elementos do cenário, integrando o público à performance.

 

Um mezanino no segundo andar rente à fachada de vidro frontal provê acesso aos assentos superiores do teatro e proporciona vistas para a cidade ou para as performances que acontecem no lobby. Nestas ocasiões os equipamentos são pendurados nos balaústres. Um café no lobby fica sempre aberto tornando o Curve um polo de encontro/social na cidade.

O programa completo consiste em: 1 teatro de 750 lugares; 1 teatro de 350 lugares; palco; fosso da orquestra; espaço técnico acima e abaixo do palco; salas de ensaio; camarins; oficinas e áreas de produção; estúdio de gravação; bilheteria; lobby; café; restaurante; cozinha; lounge; bar; escritórios; salas de reunião; salas de seminários.

 

Desenvolvimento

 

O processo de desenvolvimento exigiu que a equipe de arquitetura fizesse uma extensa pesquisa do programa com o cliente, entendendo em detalhe como cada operação técnica de um teatro funciona e sua relação com as outras, para posicionamento, layout, acabamentos e infra-estrutura dos ambientes. Principalmente para o bloco operacional, foram desenvolvidas uma a uma todas as elevações internas para cada ambiente e “room data sheets” com todos os requerimentos.

 

O envelope externo foi amplamente desenvolvido para otimização do conforto térmico e do sistema de energia do edifício, junto a especialistas. A acústica também exigiu a participação de um consultor para todos os ambientes. O projeto foi desenvolvido em conjunto com equipe multidisciplinar de arquitetos e consultores especiais, entre eles: acústica, estrutura, serviços e infra-estrutura, gerenciador de projetos, orçamentista, consultor teatral.

 

O construtor foi contratado no estágio de desenvolvimento do anteprojeto e participou do processo de engenharia de valor, o que agregou um grande custo benefício ao projeto.

 

 

Marina Mindlin Loeb Arquitetura / Tel: +55 11 99345-9534 / mmloeb@mmloebarquitetura.com

  • facebook